Comparação do Desempenho Motor de Escolares de 7 a 10 Anos de Idade Entre a Região Sul e Norte do País

Por: A. P. P. N. Montoro, Elisa Pinheiro Ferrari, M. S. Reis, R. Capistrano e T. S. Beltrame.

IX Congresso Internacional de Educação Física e Motricidade Humana XV Simpósio Paulista de Educação Física

Send to Kindle


Resumo

O desempenho motor fundamenta-se em descrever e explicar as mudanças que ocorrem no comportamento motor ao longo da vida. No decorrer deste processo o início da infância representa o momento ideal para a criança desenvolver os movimentos fundamentais. Neste período estabelece à descrição e identificação dos marcos motores significativos. Portanto o objetivo deste trabalho foi comparar o desempenho motor de escolares entre Região Sul e Norte do País. Participaram do estudo 350 crianças com idade de 7 a 10 anos de ambos os sexos. Foi utilizado o instrumento Movement Assessment Battery for Children, 2ª ed. (MABC-2). Para analise dos dados foi utilizado o SPSS versão 20.0, sendo realizada uma estatística de análise comparativa com emprego do Teste U Mann-Whitney para os dados não paramétricos. Analisando os resultados quanto ao número de escolares do sexo feminino, verificou-se que no município de Florianópolis - SC 94% apresentaram desempenho motor normal seguido de 88,9% no município de Manaus - AM. O grupo com problemas motores apresentou um percentual menor, 5,3% e 11,1% nos municípios de Florianópolis e Manaus, respectivamente. Referente ao percentual de escolares do sexo masculino com desempenho motor normal, foi observado 95,1% no município de Florianópolis - SC acompanhado do município de Manaus - AM com 90,4%. Em contrapartida a comparação dos dados do indicativo de problema motor definido do município de Florianópolis - SC constatou 4,9% dos escolares e 9,6% no município de Manaus - AM. Neste estudo foi possível observar que, a grande maioria dos escolares tanto da região Norte quanto da região Sul classificaram-se com desempenho motor normal em ambos os sexos, sendo que a região Norte apresentou prevalência inferior. A inclusão, em futuros estudos, de crianças de outras faixas etárias, assim como a utilização de outros testes motores, poderá melhorar e aumentar o repertório de atividades no processo de intervenção facilitando o desempenho motor das crianças.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/10060/10060

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.