Comparação dos Motivos de Ingresso e de Permanência de Jovens Praticantes nas Aulas de Kung-fu

Por: Arthur de Sá Ferreira, e .

Corpus Et Scientia - v.10 - n.2 - 2014

Send to Kindle


Resumo

Este estudo comparou os motivos de ingresso e permanência de jovens na prática do Kung-Fu. Um questionário semiestruturado foi elaborado sobre a importância (‘nada importante’, ‘pouco importante’, ‘importante’, ‘muito importante’) de nove motivos (mídia, saúde, estética, filosofia, autodefesa, kung-fu, esporte, lazer, outros) para ingresso e permanência e foi aplicado a 50 praticantes de ambos os sexos (14 a 17 anos) com ao menos um ano de treinamento. Foram observadas diferenças significativas (P<0,001) entre motivos de ingresso e permanência pela frequência de respostas agrupadas ‘nada importante e pouco importante’ e ‘importante e muito importante’. A autodefesa foi identificada como muito importante pela maioria (n=26, 52%) para ingresso e importante (n=20, 40%) para permanência. A saúde foi considerada pela maioria como muito importante (n=28, 56%) para a permanência e como importante para o ingresso (n=19, 38%). A filosofia foi considerada nada importante para ingresso pela maioria (n=9, 18%), mas muito importante (n=24, 48%) para permanência. A mídia foi identificada como nada importante para permanência pela maioria (n=16, 32%), mas como importante para ingresso (n=21, 42%). A filosofia, a saúde, a autodefesa, as particularidades do Kung-Fu, o esporte, o lazer e a estética são os fatores considerados mais importantes para a permanência na arte marcial por pelo menos um ano de treino.

Endereço: http://apl.unisuam.edu.br/revistas/index.php/corpusetscientia/article/view/553

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.