Comparação Entre as Faixas de Intensidade Para Exercício Aeróbico Propostas Pelo Acsm com as Obtidas na Ergoespirometria

Por: Miguel Angelo Alves dos Santos, Poliana Peixoto Brum e Walbron Arlan Freire de Sousa.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.16 - n.4 - 2008

Send to Kindle


Resumo

Este estudo comparou as faixas de intensidade de exercício aeróbico sugeridas pelo ACSM com os valores da frequência cardíaca (FC) e consumo de oxigênio (VO2) no limiar anaeróbico (LA) e no ponto de compensação respiratória (PCR). Foram coletadas amostras de 29 voluntárias do sexo feminino, 16 de vôlei e 13 de handebol, com faixa etária entre 13 a 16 anos, todas praticantes da modalidade por mais de 6 meses. Após a ergoespirometria foi identificado a FC e o VO2 no LA e no PCR (FCLA, VO2LA, FCPCR e VO2PCR), calculado o VO2 a 60 e 85% do VO2pico (VO260P e VO285P) e a 60 e 85% do consumo máximo de oxigênio estimado (VO260E e VO285E) e FC a 77 e 90% da FC máxima (FC77M e FC90M) e da FCmáx estimada (FC77E e FC90E). Foi utilizado o teste “t” com p

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/802

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.