Comparação Entre Ergômetros Específico e Convencionais na Determinação da Capacidade Aeróbia de Mesatenistas

Por: Alessandro Moura Zagatto, Claudio Alexandre Gobatto e Marcelo Papoti.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.15 - n.3 - 2009

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi verificar a necessidade de utilizar protocolo específico para avaliar a capacidade aeróbia de mesatenistas, comparando os testes aplicados em ergômetro específico com ergômetros convencionais. Para isso, nove mesatenistas foram os participantes do estudo (18,22 ± 2,33 anos; altura de 1,76 ± 0,09m; massa corporal de 67,36 ± 10,03kg; gordura corporal de 14,74 ± 6,69%; e índice de massa corporal (IMC) de 21,69 ± 2,71kg/m2). Foram aplicados os testes de lactato mínimo, realizados no ergômetro de braço (LACminbraço) e no cicloergômetro (LACminciclo) (ergômetros convencionais) e o teste de limiar anaeróbio em procedimento específico para o tênis de mesa (LAnespec) utilizando um lançador de bolas mecânico como ergômetro. Como procedimentos estatísticos foram utilizados o teste de análise de variância (ANOVA) one way e o teste de correlação produto-momento, com nível de significância de 5%. O LAnespec (48,11 ± 6,82 bolas.min-1) não foi significativamente correlacionado com a intensidade de LACminbraço (91,94 ± 11,51W) (r = 0,18; p = 0,72); e apresentou correlação negativa com a intensidade de LACminciclo (157,97 ± 12,51W) (r = - 0,80; p = 0,02). Desse modo, os resultados encontrados no estudo levam a concluir que existe necessidade do uso de protocolo específico para mensurar a capacidade aeróbia no tênis de mesa.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922009000300008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.