Comparação Entre a Estimativa da Gordura Corporal Relativa Determinada Por Impedância Bioelétrica Eespessura de Dobras Cutâneas

Por: Carine Pereira Souza, Daniele Montemor Picheth, Gisele Maria Guarnieri, Luís Alberto Gobbo e Marcelo Romanzini.

IX Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Espessura de dobras cutâneas (DC)e impedância bioelétrica (BIA) são duas das técnicas mais utilizadas para avali ação da composição corporal. Entretanto a estimativa da gordura corporal relativa por essas técnicas parece ser influenciada, sobretudo, pelas equações preditivas utilizadas. Sendo assim, o propósito deste estudo foi comparar a gordura relativa estimada por diferentes equações preditivas desenvolvidas para as técnicas de DC e BIA. Vinte e três indivíduos do sexo masculino, com idade entre 20 e 29 anos, participaram voluntariamente do estudo. Medidas de peso corporal, estatura, DC e BIA foram empregadas. As dobras cutâneas abdominal, suprailíaca, subescapular, tricipital, bicipital, peitoral, axilar-média, coxa e perna mediai foram mensuradas porum compasso Lange, emtriplicata, de forma rotacional, por um único avaliador.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.