Comparação Entre Exercícios de Alongamento Estático e Movimentos Repetidos na Lombalgia

Por: Ave Regina de Azevedo Silva.

111 páginas. 2000

Send to Kindle


Resumo

Através deste estudo, comparamos os exercícios de alongamento estático e os de movimentos repetidos na lombalgia, em indivíduos em plena atividade profissional, no entanto sedentários. Nossa amostra foi constituída de 90 indivíduos de ambos os sexos, divididos em 3 grupos de 30 cada um, na faixa entre 30 e 49 anos, independente do sexo, etnia e do tipo de atividade profissional, todos, porém, portadores de lombalgia, subaguda ou crônica. Antecedendo ao tratamento, realizamos o pré-teste, para quantificar a amplitude de movimento correspondente à intensidade de dor. Após o período de acompanhamento, realizamos o pós-teste. Os resultados encontrados mostraram diferenças significativas entre o pré e o pós-teste, nos grupos experimentais, quando comparados com o grupo controle. Não se evidenciou entretanto, diferença estatisticamente significativa ao se comparar os dois grupos experimentais entre si; observou-se, em ambos, o aumento nas amplitudes dos movimentos de flexão e extensão, bem como a abolição da dor. Concluímos em nosso estudo que a eficácia de ambos os métodos se equivale para esta população, se diferenciando-se pelo tempo gasto na realização dos exercícios.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=1545&listaDetalhes%5B%5D=1545&processar=Processar

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.