Comparação Entre Um Programa de Exercícios de Componentes Múltiplos e Um de Força Sobre a Funcionalidade e Função Muscular em Idosos

Por: Rafaella Ribas Locks.

86 páginas. 2012 23/03/2012

Send to Kindle


Resumo

Comparar os efeitos dos programas de exercicios de componentes multiplos e de treinamento de forca na funcionalidade e funcao muscular de idosos. Metodologia: Participaram do estudo 45 idosos (68 }5 anos) de ambos os generos, que foram divididos em tres grupos. Por 12 semanas consecutivas, tres vezes por semana, um grupo realizou exercicios de componentes multiplos (GM, n=17) e outro treinamento de forca (GF, n=18), totalizando 36 sessoes de treinamento, enquanto o grupo controle (GC, n=10) nao realizou exercicio fisico. O pico e a taxa de desenvolvimento de torque dos membros inferiores, a flexibilidade dos membros inferiores, o equilibrio dinamico e capacidade funcional foram avaliados antes e apos o periodo de treinamento. Resultados: Apos o treinamento, o GF apresentou aumento do pico de torque de flexao do quadril (45%) e da amplitude de movimento de flexao de quadril com o joelho flexionado (12%), quando comparado ao GC (p=0,02; ANOVA). Comparado ao GM, o GF apresentou maior do pico de torque de flexao de joelho (33%; p=0,0002; ANOVA); das taxas de desenvolvimento de torque de extensao de joelho (121%; p=0,0003; ANOVA) e de dorsiflexao (67%; p=0,0009; ANCOVA); e das amplitudes de movimento de flexao do quadril com o joelho estendido (18%), de extensao do quadril (33%) e de dorsiflexao (50%) (p?0,02; ANOVA). O GM, por sua vez, apresentou melhora na amplitude de movimento de plantiflexao (25%; p=0,009; ANOVA) e melhora do desempenho no teste de sentar e levantar da cadeira em 30 segundos (23%; p<0,001; ANCOVA), comparado com o GF. As demais variaveis nao foram alteradas com os treinamentos. Conclusao: apesar de somente o treinamento de forca ter demonstrado aumento nas variaveis de forca muscular e promovido maiores ganhos de flexibilidade do que o programa de componentes multiplos, nossos resultados indicam que o treinamento com exercicios de componentes multiplos pode ser mais eficaz do que o treinamento de forca na melhora da funcionalidade de idosos.

Endereço: http://dspace.c3sl.ufpr.br:8080//dspace/handle/1884/28852

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.