Comparaçäo de Indicadores Antropométricos e da Composiçäo Corporal: de Escolares do Sexo Masculino Participantes e Näo Participantes de Programas de Treinamento

Por: Cândido Simões Pires Neto, Ciro Romelio Rodriguez Añez e Ronaldo Domingues Filardo.

Revista Brasileira Atividade Física & Saúde - v.6 - n.1 - 2001

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar indicadores antropométricos e da composição corporal entre grupos de escolares participantes e não participantes de programas de treinamento. Para tanto, foram ava­liados dois grupos de adolescentes com idades entre 15,5 e 16.5 anos, G1 (n-41). escolares que treinavam mais de 3 horas semanais, em futsal. handebol, basquetebol e voleibol, e. por mais de dois anos. G2 (n=41), escolares que participassem somente das duas aulas de edu­cação física semanais. Estes escolares foram pareados por igual esta­tura. Coletou-se dados da massa corporal (MC. kg). Estatura (EST. cm), perímetros (P. cm); diâmetros ósseos (DO. mm); e dobras cutâneas (DC. mm). Para a gordura relativa, utilizou-se a equação adaptada por LOHMAN (1986) além da massa óssea (MO), massa residual (MR) e a massa muscular (MM). Para o tratamento dos dados utilizou-se a es­tatística descritiva e o teste t para grupos independentes. Os grupos apresentaram diferenças significativas

Endereço: http://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/RBAFS/article/view/915

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.