Comparação de Variáveis Fisiológicas Durante Combates de Judô e Corridas Máximas de Cinco Minutos

Por: Josué Morisson de Moraes.

2000 29/09/2000

Send to Kindle


Resumo

A presente pesquisa teve como objetivo geral estudar e comparar o nível de esforço de uma série de três lutas de judô com uma série de três corridas máximas de cinco minutos, por meio das variáveis lactato sanguíneo, frequência cardíaca, pressão arterial sistólica, pressão arterial diastólica, duplo produto, pressão de pulso, pressão arterial média e percepção subjetiva de esforço, a fim de verificar a existência de correlações significativas entre os esforços, visando à elaboração de métodos alternativos e complementares de preparação física foro do dojo. A amostra foi do tipo intencional e conveniente, sendo composta por dezoito atletas de judô, com idades de 21,02 +2,28 anos, do sexo masculino, de alto nível técnico, pertencentes às equipes do Exército e/ou do Rio de Janeiro, com massa corporal de 76,36 Kg + 15,35. Os atletas realizaram uma série de três combates de cinco minutos com intervalo de dez minutos entre eles e, após o intervalo mínimo de quarenta e oito horas de recuperação, foram realizadas três séries de três corridas máximas de cinco minutos, para que fossem verificadas as correlações entre este trabalho e a série de combates de judô. A ordem para a realização dos testes de corrida e combates de judô foi estabelecida de forma aleatória. Foram recolhidas amostras de sangue do lóbulo da orelha esquerda, para a análise do lactato, um minuto antes de iniciar cada combate/corrida, aos dois, cinco e nove minutos de recuperação. A frequência cardíaca foi medida um minuto antes de se iniciarem as lutas/corridas, ao final das mesmas, no primeiro, terceiro, quinto e nono minutos da recuperação. A pressão arterial foi medida no braço direito, na posição de pé, um minuto antes de se iniciarem as lutas/corridas, no primeiro, quinto e nono minutos após o esforço. Com base nos resultados obtidos no presente estudo, concluiu-se que: a) a série de três combates de judô apresentou maior exigência hemodinâmica, metabólica e psicofisiológica do que a série de três corridas máximas de cinco minutos, como se pode observar nos valores de p não foram significativos, constatando-se a existência de correlação significativa entre as séries de três combates de judô e de três corridas de máximas de cinco minutos.

Endereço: http://www.dme.ufrj.br/~posgrad/mestrado/PG116-2000.html

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.