Comportamento do Consumo Máximo de Oxigênio e da Composição Corporal Durante o Processo Maturacional em Adolescentes do Sexo Masculio Participantes de Treinamento de Futebol

Por: Antonio Stabelini Neto, Cleber José Cézar, Luís Paulo Gomes Mascarenhas, Rodrigo Bozza e Wagner de Campos.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.14 - n.2 - 2006

Send to Kindle


Resumo

Introdução: pesquisas analisando o consumo de oxigênio vêem sendo conduzidas com o intuito de elucidar o comportamento da capacidade aeróbia durante a infância e adolescência, entretanto, muitas lacunas ainda necessitam de respostas devido aos poucos trabalhos levarem em conta a maturação sexual e a composição corporal. Objetivo: comparar o consumo máximo de oxigênio e a composição corporal entre praticantes de treinamento de futebol em diferentes estágios de maturação sexual. Metodologia: foram avaliados 99 adolescentes masculinos divididos pelos estágios de maturação sexual (EMS): EMS 1 (n=18), EMS 2 (n=21), EMS 3 (n=23), EMS 4 (n=17) e EMS 5 (n=16). Para determinar o VO 2 máx foi utilizado o teste de Leger. Para composição corporal foram utilizados o índice de massa corporal e o percentual de gordura, estimada através da equação de Slaughter. O tratamento estatístico utilizou a ANOVA e o post-hoc de Tukey para a determinação das diferenças entre os estágios maturacionais com p<0,05. Resultados: a análise de variância indicou diferenças significativas entre os EMS para o índice de massa corporal (F=8,8; p<0,01) sendo o EMS 5 diferente do 1, 2 e 3 e o EMS 4 diferente do 2. Para o VO2 max (L/min) (F=43,7; p<0,01) todos os EMS se diferenciaram com exceção do EMS 1 para o 2. Conclusão: o VO2 max absoluto continua a se elevar, entretanto o VO2 max relativo (ml/kg/min) não diferiu significantemente entre os estágios, quanto à composição corporal verificou-se que o índice de massa corporal se eleva, enquanto o percentual de gordura se estabiliza.
 

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/687/692

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.