Comportamento do Crescimento e Desenvolvimento Físico de Crianças de Escola Pública e Particular

Por: Carlos Alberto Gomes Barbosa.

Motriz - v.14 - n.4 - 2008

Send to Kindle


Resumo

O estudo contribui para o delineamento do perfil somatomotor, dos hábitos de vida e aptidão motora em crianças e adolescentes, na constituição de políticas de educação física e esportes no Brasil. Participaram 251 crianças com idades médias de 10,58 ± 1,73 anos. Para a avaliação foram utilizados os materiais e protocolo recomendados pelo PROESP-BR. Os resultados médios de IMC 18,05±2,84 e 19,66±4,06 Kg/m2, flexibilidade 32,55±11,26cm e 36,86±8,46cm, resistência abdominal 33,37±8,67 e 38,55±12,69 rep, arremesso de medicineball 270,29±58,27 e 236,35±78,35 cm foram significativos para CR. Enquanto a corrida de 20 metros 4,08±0,51 e 4,57±0,57 seg teve resultado significativo para EVF. Os testes do salto horizontal 135,77±32,62cm e 142,20±27,79cm e corrida de 9 minutos 1440,58±283,06m e 1383,20±258,50m não foram significativos entre os grupos. Ao se analisar o desempenho por gênero e idade, conclui-se que fatores sociais não sobrepõem às cargas genéticas, e sim estão relacionados com experiências cotidianas associado ao genótipo.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/2137/1892

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.