Comportamento Locomotor, Quadro Clínico, Incidência de Quedas e Nível de Atividade Física em Pacientes com Doença de Parkinson: Um Estudo Longitudinal de Dois Anos

Por: Rodrigo Vitorio.

2015 14/01/2015

Send to Kindle


Resumo

A presente tese de doutorado é composta por dois estudos. O Estudo #1 investigou a progressão de comprometimentos em parâmetros clínicos e locomotores na doença de Parkinson (DP) durante um período de 2 anos e verificou se o nível de atividade física e as características demográficas e clínicas são preditores da progressão da DP. O Estudo #2 testou o desempenho individual e combinado de medidas obtidas na avaliação baseline do Estudo #1 (variáveis clínicas, nível de atividade física e parâmetros do andar livre e da ultrapassagem de obstáculo) na predição de quedas em pacientes com DP durante períodos subsequentes de 4, 6 e 12 meses.

Endereço: http://repositorio.unesp.br/handle/11449/126368

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.