Comportamento da Pressão Arterial Média e do Percentual de Gordura de Idosas Hipertensas Submetidas a Um Programa de Exercícios Aeróbio

Por: Hassan Mohamed Elsangedy, Izabel Soares e Kleverton Krinski.

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Introdução: A associação entre um alto percentual de gordura e níveis
pressoricos elevados tem sido apresentados como importantes fatores de
risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares na população
idosa. Visando amenizar a incidência destas patologias, algumas medidas
vêm sendo adotadas, como à prática de exercícios aeróbios. O presente
estudo teve como objetivo analisar o comportamento da pressão arterial
média (PAM) e do percentual de gordura (%G) de idosas hipertensas
submetidas a um programa de seis meses de exercícios aeróbios. Material e
Método: A amostra foi composta por 32 mulheres com idade média de
64,28±4,7 anos. O protocolo de treinamento foi composto por uma sessão
de 40 minu tos de atividade aeróbia desenvolvidos em esteira, com
intensidade de 65% da freqüência cardíaca máxima, com freqüência semanal
de três vezes e duração de seis meses. Os ajustes das cargas do treinamento
foram realizados através da observação da freqüência cardíaca, pressão
arterial e percepção subjetiva do esforço. A cada mês foram realizadas
avaliações da PAM e %G obtido através da aferição das dobras cutâneas
(bicipital, tricipital, subescapular e supra-ilíaca) utilizadas para o calculo da
densidade corporal através da equação proposta por DURNIN e WOMERSLEY
(1974), em seguida transformada em %G através da equação de SIRI (1961).
Para analise estatística dos dados utilizou-se o teste "t" de Student com
p<0,05. Resultados: O grupo avaliado apresentou antes do inicio da
intervenção uma PAM de 106±4,6 mmHg e um %G de 39,6±2,8. Após
seis meses de intervenção podemos observar um %G de 37,3±2,2
acompanhado por uma PAM de 96,2±5,2 mmHg. Conclusões: Concluímos
que após a intervenção de seis meses de exercícios aeróbios, os níveis
pressóricos tiveram reduções significativas, onde a PAM teve uma redução
linear em relação ao %G.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/62_Anais_p235.pdf

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.