Composición Corporal de Mujeres Mayores de 60 Años Físicamente Activas

Por: Alba Luz Beltrán Ramírez, Hector Antonio Herrera Mogollón e Rosa Armenia Hernández Hernánde.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.9 - n.3 - 2007

Send to Kindle


Resumo

Com o objetivo de analisar a composição corporal de idosos que realizam atividade física formal, foram avaliadas 116 mulheres, participantes do Programa de Atenção Integrada para Idosos, Município de Chacao. Realizaram-se medições antropométricas para avaliar a composição corporal. Ao comparar as diferentes variáveis por idade (grupo1=60-69,9 anos; grupo 2=70-79,9 anos), não se observaram diferenças signifi cativas, exceto para a dobra cutânea supra-ilíaca (p ≤ 0,05), as variáveis restantes demonstraram que foram menores no grupo de maior idade, excluindo a altura que foi maior neste grupo e o índice cintura/quadril se manteve constante. Mais de 50% das mulheres apresentaram um bom estado nutricional com valores apropriados para o índice de massa corporal. Existem casos de desnutrição calórica (por falta e excesso de nutrientes), predominando a desnutrição por excesso ou sobrepeso em aproximadamente 20%. A circunferência e o índice cintura/quadril indicaram que cerca de 55% das mulheres têm um elevado risco de desenvolver doenças crônicas não transmissíveis. As comparações efetuadas com outras amostras da literatura indicaram uma maior semelhança desta população com as populações parecidas (venezuelanos e mexicanos) e com as mulheres italianas e australianas, distanciando-se do padrão americano, com valores inferiores para as variáveis comparadas no geral.


 

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/4077

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.