Compreensões e Conversas com os Processos do Conhecer: Sujeitos com Autismo e Movimentos

Por: Vanessa Marocco.

XVII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e IV Conice - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

Com a Educação Física como pano de fundo, constituindo a origem e a forma de movimentos curriculares, esse texto, como um ensaio, foi construído na perspectiva de lançar reflexões e movimentos acerca dos sujeitos com autismo no contexto escolar, além de pensar a Educação Física, como forma de um diálogo mais amplo – com a Educação – criando a possibilidade de um pensar coletivo. A pre-sença como um conceito heideggeriano é um dos principais elementos que perpassa como mote norteador as reflexões desde as áreas de conhecimento que se debruçam em estudar o fenômeno dos sujeitos com autismo, a uma possível perspectiva curricular que pode tornar favorável pensar no sujeito com autismo incluído no contexto regular de ensino. Neste sentido, esse texto integra de diversas formas uma atual pesquisa de mestrado acadêmico realizada na Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, na faculdade de Educação, focando as compreensões dos modos de interação dos sujeitos com autismo no contexto escolar.

Endereço: http://cev.org.br/eventos/xvii-conbrace-iv-conice/

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.