Concordância Entre Duas Classificações Para a Aptidão Cardiorrespiratória em Crianças

Por: Ana Carolina Paludo, Gabriela Blasquez, Helio Serassuelo Junior, Lidyane Ferreira Zambrin e Rômulo Araújo Fernandes.

Revista Paulista de Pediatria - v.30 - n.3 - 2012

Send to Kindle


Resumo

Objetivo: Analisar a concordância entre duas diferentes tabelas de pontos de corte para a classificação da aptidão cardiorrespiratória em escolares de sete a 10 anos de idade, de ambos os sexos. Métodos: Estudo de delineamento transversal do qual participaram 184 escolares (106 meninos e 78 meninas) de sete a 10 anos de idade. A aptidão cardiorrespiratória dos escolares foi obtida por meio do teste de campo de corrida ou caminhada de nove minutos. Para a discriminação do desempenho no teste, foram utilizados dois critérios ajustados por sexo e idade: Fitnessgram (1987) e o de Bergmann et al (2010). A concordância entre os pontos de corte foi verificada pelo teste de McNemar e pelo índice Kappa, com significância estatística de p<0,05. Resultados: As análises demonstraram que não houve diferença no percentual de jovens classificados como aptos fisicamente (Fitnessgram com 58,1% e Bergmann et al, 59,2%; p=0,864). De forma similar, a concordância entre os pontos de corte apresentou-se moderada (Kappa=0,61). Conclusões: Ambos os pontos de corte para aptidão cardiorrespiratória classificaram de maneira semelhante os escolares, independentemente do sexo. Palavras-chave: aptidão física; 

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-05822012000300015&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.