Concussões no País do Futebol e o Silêncio Sobre Elas

Por: Carlos Alberto Crespo de Souza.

Psychiatry Online Brasil - v.16 - n.11 - 2011

Send to Kindle


Resumo

1. Introdução.

O Brasil é reconhecido e identificado como o país do futebol. Raro é o jovem que não participa de atividades relacionadas à prática desse esporte desde sua infância. Além dos praticantes amadores, aos milhares, há inúmeras categorias semiprofissionais por idade, sub-15, sub-17, sub-20 e profissionais envolvidas em campeonatos regionais, nacionais e internacionais. Os clubes brasileiros formam seus futuros atletas a partir da existência de “escolinhas”, com meninos ainda pré-púberes. Por sua vez, a mercantilização desse esporte incentiva, sobremaneira, que cada vez mais jovens e seus familiares busquem melhores condições de vida, atraidos por salários extraordinários oferecidos por empresários que especulam na área.

Endereço: http://www.polbr.med.br/ano11/art1111.php

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.