Condições de Gestão Esportiva nas Federações de Atletismo do Brasil

Por: Amom Vidal do Nascimento Oliveira, Anelize Gabriele Peressute e Roberta Borges La Guardia.

Revista Intercontinental de Gestão Desportiva - v.7 - n.1 - 2017

Send to Kindle


Resumo

Os jogos Olímpicos Rio 2016 colocaram o atletismo do Brasil com destacada participação de sua história com 67 atletas competindo. Para que isso fosse possível, foi necessário o trabalho de gestão da confederação brasileira de atletismo (CBAt) e das federações existentes em cada estado e Distrito Federal. O presente estudo teve como objetivo documentar uma análise sobre as condições de gestão esportiva do atletismo no território nacional. Para isso, foram enviados questionários online para todas as 27 federações, contendo 4 perguntas sobre suas condições de gestão esportiva. Os resultados foram separados por regiões, porém o número de respostas foi de 16. Dentre os resultados apresentados, apenas 50% delas afirmaram receber recursos advindos da CBAt, e ao mesmo tempo 43,75% afirmaram não possuir sede própria. De acordo com os dados obtidos, é evidenciado que não há uma padronização nas condições de gestão esportiva das federações de atletismo do Brasil.

Endereço: http://www.revista.universo.edu.br/index.php?journal=gestaoesportiva&page=article&op=view&path%5B%5D=3032

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.