Condições de Saúde e Aconselhamento Sobre Alimentação e Atividade Física na Atenção Primária à Saúde de Belo Horizonte-mg

Por: Aline Cristine Souza Lopes, Ana Maria Chagas Sette Câmara, Hans Joachim Karl Menzel, Luana Caroline dos Santos e Mariana Tâmara Teixeira de Toledo.

Epidemiologia e Serviços de Saúde - v.23 - n.3 - 2014

Send to Kindle


Resumo

OBJETIVO:

investigar fatores associados ao recebimento de aconselhamento sobre alimentação e atividade física.

MÉTODOS: estudo transversal, realizado de outubro de 2009 a janeiro de 2010, com amostra de usuários de Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Foram coletados dados sociodemográficos, antropométricos, sobre consumo alimentar, uso de serviços e condições de saúde e relato de recebimento de aconselhamento.

RESULTADOS: 

a frequência média de aconselhamento foi de 51,1%, com variação de 16,5% a 36,0% entre as UBS. Foram variáveis associadas ao recebimento de aconselhamento (p<0,05): ter hipertensão arterial, hipercolesterolemia, diabetes, excesso de peso; usar medicamentos e participar do Programa Academia da Saúde (PAS).

CONCLUSÃO: 

a presença de agravos e a participação do PAS foram as condições de saúde associadas ao recebimento do aconselhamento, evidenciando-se a importância deste programa e a necessidade de reforçar a prática do aconselhamento com caráter preventivo e promotor da saúde na Atenção Primária.

Endereço: http://scielo.iec.pa.gov.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1679-49742014000300010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.