Condições de Vida do Trabalhador Docente: Associação Entre Estilo de Vida e Qualidade de Vida no Trabalho de Professores de Educação Física

Por: J. Both.

Motricidade - v.6 - n.3 - 2010

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi de identificar o nível de correlação entre qualidade de vida no trabalho (QVT) e estilo de vida (EV) dos professores de Educação Física. A amostra de 1645 professores foi selecionada por meio de três estágios. O primeiro estratificou a região sul do Brasil conforme as unidades da federação, o segundo dividiu cada estado em mesoregiões e o terceiro considerou os Núcleos Regionais de Ensino como conglomerados. Na coleta de dados foram utilizados questionários que avaliaram a QVT e o EV. O teste Qui-quadrado para grupo único foi empregado para constatar discrepâncias de opiniões e comportamentos, e o teste de Spearman para avaliar o nível de correlações entre as variáveis investigadas, com um nível de significância de 5%. Os resultados evidenciaram que os professores estão insatisfeitos com os salários, as condições de trabalho, a integração social e o tempo dedicado ao lazer, bem como possuem comportamentos negativos na alimentação, controle do estresse e atividade física. As evidências encontradas sobre o nível de associação entre os construtos dos parâmetros individual e sócio-ambiental das condições de vida do trabalhador docente em Educação Física foram consideradas insuficientes para indicar relação entre a QVT e o EV.

Endereço: http://www.revistamotricidade.com/arquivo/2010_vol6_n3/v6n3a06.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.