Conhecimento da Equipe Multiprofissional Sobre o Trabalho Desenvolvido na Recreação Terapêutica

Por: Angélica Nickel Adamoli e Inaê Angélia Cherobin.

Pensar a Prática - v.18 - n.1 - 2015

Send to Kindle


Resumo

Objetivos: Verificar o conhecimento dos profissionais que atuam na Unidade de Internação Pediátrica (UIP) do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) sobre o trabalho desenvolvido na Recreação Terapêutica (RT). Métodos: Realizou-se um estudo quantitativo descritivo de delineamento transversal. A coleta de dados foi realizada com um questionário semi-estruturado e os dados analisados pelo programa estatístico SPSS 18.0. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do HCPA. Resultados: Participaram do estudo 74 indivíduos adultos de ambos os sexos, com média de idade de 34,7 anos, representando 13 categorias profissionais. Aproximadamente 4/5 da amostra possuía pós-graduação e cerca de 70% da amostra trabalha na unidade a menos de 5 anos. 50% dos profissionais nunca ou poucas vezes frequentaram a sala de recreação terapêutica. Quanto às atividades desenvolvidas na RT, 85% da amostra demonstrou conhecê-las, sendo as festas temáticas (100%) e o brincar terapêutico (94,6%) as mais lembradas. Mais de 60% considera que as atividades físicas e lúdicas auxiliam totalmente nos aspectos biopsicossociais durante a internação, considerando a socialização o principal motivo para as crianças realizarem estas atividades durante a internação (60,8%). A formação adequada para atuar na RT é de extrema importância para 80,6% da amostra. Conclusão: Podemos perceber que, no geral, os profissionais da UIP do HCPA conhecem o trabalho desenvolvido na RT e consideram importantes os benefícios da recreação terapêutica para as crianças hospitalizadas.

Endereço: http://revistas.ufg.emnuvens.com.br/fef/article/view/30012

Ver Arquivo (PDF)

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.