Send to Kindle


Resumo

Passado quase um ano dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, o balanço dos resultados alcançados parece pouco animador, principalmente no quesito legado. Embora essas informações causem surpresa ao público em geral, aos pesquisadores e estudiosos do tema olímpico elas se realizam de forma profética. Isso porque, ao se estudar sistematicamente o fenômeno olímpico observa-se um movimento que acompanha as questões sociais maiores, sejam elas de ordem internacional ou local, fazendo dessa edição mais um retrato de seu tempo como o foram as demais trinta edições olímpicas anteriores. Daí a importância da pesquisa e da produção de conhecimento científico a respeito desse tema.O Grupo de Estudos Olímpicos da Escola de Educação Física e Esporte da USP defende desde sempre a importância do legado cultural, intangível e imaterial dos Jogos Olímpicos e essa é a razão de ser da Olimpianos -Revista de Estudos Olímpicos, cuja finalidade é oferecer um canal de comunicação e de divulgação acadêmico dentro dos Estudos Olímpicos e Paralímpicos, em sua vertente humana e sociocultural. Espera-se que nela sejam discutidos temas relevantes que gravitam em torno dosJogos Olímpicos e do Movimento Olímpico brasileiro e internacional, independentemente do tempo e do lugar onde ele se produziu.Diante da diversidade do tema a revista está organizada em três editorias.Humanidades e Estudos Olímpicos, cuja proposta é divulgar os estudos que contemplem as perspectivas históricas, sociológicas, filosóficas, geográficas do fenômeno olímpico, bem como a educação olímpica, tendo como parâmetro as ciências humanas;Gestão e Estudos Olímpicos têm como foco artigos relacionados com tópicos próximos à administração, direito, políticas públicas e manejo dos "negócios" olímpicos;Comunicação, Marketing e Estudos Olímpicos. Essa sessão compreende todo o campo da comunicação social como jornalismo, propaganda e publicidade, marketing, redes e mídias sociais relacionados com o universo olímpico.Nesse número de lançamento os artigos publicados refletem a diversidade dos temas e a variedade de referenciais teóricos utilizados para analisar o discutir não apenas os temas adjetivados como olímpicos, mas o fenômeno em si, como substantivo.Esperamos com isso contribuir para o balanço que por muito tempo será feito sobre o legado dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. A produção do conhecimento é inegavelmente nossa maior contribuição.KatiaRubioEditorEscola de Educação Física e EsporteUniversidade de São Paulokatrubio@usp.br

Endereço: http://olimpianos.com.br/journal/index.php/Olimpianos/article/view/9

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.