Conhecimento Sobre Fatores de Risco Para Doenças Crônicas: Estudo de Base Populacional

Por: Thiago Terra Borges.

130 páginas. 2008 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Nas últimas décadas está ocorrendo uma diminuição das enfermidades infecciosas, sendo estas substituídas por um aumento nas doenças e agravos não transmissíveis (DANTS), um fenômeno denominado de transição epidemiológica. A literatura é clara ao informar a prevalência de sedentarismo, obesidade, pessoas dependentes de álcool e tabagismo, porém o que a população conhece sobre esses fatores de risco para o desenvolvimento de algumas DANTS foi pouco discutido ainda mais em países em desenvolvimento. Objetivo: Analisar o conhecimento populacional sobre os malefícios do sedentarismo, alimentação inadequada, consumo abusivo de álcool e tabagismo, com especial ênfase na associação destes fatores com o conhecimento sobre hipertensão arterial e diabetes tipo 2. Metodologia: Estudo transversal de base populacional na zona urbana da cidade de PelotasRS. A amostra será selecionada em múltiplos estágios, onde primeiramente serão selecionados 45 setores censitários. Em cada setor 20 casas participarão do estudo, sendo que todas as pessoas com 10 anos ou mais de idade serão convidadas a fazer parte da amostra. A coleta de dados será feita por meio de questionários, contendo questões dos cinco mestrandos da linha de Atividade Física, Saúde e Nutrição do curso de Mestrado da Escola Superior de Educação Física. 

Endereço: http://wp.ufpel.edu.br/ppgef/dissertacoes_2009/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.