Conhecimento Tático Declarativo e Avaliação Subjetiva do Treinador no Voleibol

Por: Erasmo Braz dos Santos, Gabriella Nelli Monteiro, Layla Maria Campos Aburachid, Nayanne Dias Araújo, Tatiane Mazzardo e Willian José Bordin da Silva.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.26 - n.2 - 2018

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do estudo foi verificar o nível de Conhecimento Tático Declarativo (CTD) de iniciantes na modalidade de voleibol, a relação entre a percepção e a tomada de decisão, a avaliação subjetiva do treinador e o índice de dificuldade dos itens. Foram avaliados 28 sujeitos de ambos os sexos por meio do teste de CTD em Situação de Ataque de Rede e os resultados apontaram que, apenas considerando o tempo de prática dos jogadores encontraram-se diferenças significativas na percepção (p=0,033). Encontrou-se correlação da percepção e da tomada de decisão considerando o CTD (r=0,905; r=0,698). E os treinadores subestimaram o CTD de seus atletas. Assim, conclui-se que o maior tempo de prática na modalidade é determinante para a melhor qualidade de percepção dos sinais relevantes no voleibol.

Endereço: https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/7893

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.