Conhecimentos e Condutas dos Profissionais de Saúde Para Promoção da Gestação Ativa

Por: Alexandre Romero, Ana Claudia Mayumi Hirasawa, Monica Yuri Takito e Simone Cristina Scarpa Romero.

Corpoconsciência - v.18 - n.2 - 2014

Send to Kindle


Resumo

Atualmente tem crescido o número de estudos que abordam o tema atividade física no lazer/exercício físico (AFL) na gestação. Diretrizes que norteiam a prática já foram publicadas a mais de uma década. Entretanto, observa-se elevada prevalência de inatividade física durante o período gestacional. Dessa maneira, o objetivo do presente estudo é conhecer as condutas e percepções dos profissionais de saúde (médico obstetra/ enfermeiro/ obstetriz) quanto à prática de AFL para gestantes. Trata-se de um estudo transversal, composto por 45 profissionais de saúde. Foram utilizados o teste de qui-quadrado e o teste-t para verificar associação, considerando o nível de significância inferior a 5%. Houve associação entre a recomendação de AFL e a formação do profissional de saúde. A prática da caminhada e a hidroginástica foram as atividades mais recomendadas. Em relação ao volume semanal e a intensidade da atividade física, apenas 33,4% dos profissionais indicam pelo menos 150 minutos semanais, e 45,5% indicavam no segundo trimestre a intensidade moderada conforme as recomendações vigentes. A adequação e padronização das recomendações, e acessibilidade ao conhecimento atual sobre AFL e gestação dos diversos profissionais de saúde devem ser estruturadas para a promoção de um estilo de vida ativo durante a gestação. 

Endereço: http://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/corpoconsciencia/article/view/3574

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.