Considerações Histórico-sociais Sobre as Primeiras Propostas de Regulamentação Desportiva da Capoeira

Por: Ana Rosa Jaqueira e Paulo Coêlho de Araújo.

Recorde: Revista de História do Esporte - v.6 - n.1 - 2013

Send to Kindle


Resumo

O processo de desportivização da Capoeira demandou a regulamentação da modalidade de luta, a fim de promover a igualdade de condições aos atletas competidores. Para tanto, era necessário harmonizar seus golpes e movimentos, tarefa que esbarrou na idiossincrasia dos envolvidos no contexto, capoeiristas ou praticantes de outras artes marciais. O presente estudo apresenta e analisa as primeiras propostas de regulamentação da Capoeira, oriundas dos Estados da Bahia e do Rio de Janeiro, apresentadas nos Simpósios de 1968 e 1969, concebidos com esse fim. Realizou-se a análise de conteúdo das três propostas. Concluímos que não se encontravam reunidas as condições para a regulamentação da Capoeira face às posturas dos seus representantes, condição que marcou a sua desportivização ao longo de toda a sua história.

Endereço: http://www.revistas.ufrj.br/index.php/Recorde/article/view/672

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.