Construção da Identidade Profissional do Professor de Educação Física: Elementos Biográficos e Relacionais 

Por: Marla Maria Moraes Moura.

243 páginas. 2015 21/08/2015

Send to Kindle


Resumo

Data: 2015-08-21

Desenvolvida no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFPE, a pesquisa, vinculada à linha de Formação de Professores e Prática Pedagógica, tem como objeto a constituição da identidade profissional de professores de Educação Física. Buscamos compreender, numa perspectiva sociológica, os elementos que contribuem com os processos de constituição da identidade profissional de professores de Educação Física e como a identidade profissional docente se expressa nos diferentes ciclos de vida profissional. Para isso nos propusemos as seguintes questões problematizadoras: Que elementos contribuem para a construção da identidade profissional de professores de Educação Física? Quais as trajetórias compõem o processo de construção da identidade profissional desses professores? De que maneira a identidade profissional se expressa na prática dos professores de Educação Física? Como a identidade profissional docente foi se constituindo entre os professores que possuem uma experiência docente anterior à formação? O referencial teórico que fundamenta a pesquisa foi construído a partir das contribuições de autores, como: Dubar (2005), Nóvoa (1995, 1999, 2007), Guimarães (2004), Veiga (2008), Fontana (2000), Hall (2012), Estrela (1997), Carrolo (1997) para refletir sobre as temáticas da identidade e da identidade profissional docente; Bracht (1992, 2007) e Bracht e Crisório (2003) para discorrer sobre a identidade da Educação Física e a identidade profissional docente; Huberman (2007), como importante referencial para o estudo da problemática dos ciclos de vida profissional. Trata-se de estudo qualitativo, cuja abordagem biográfica é a sustentação metodológica da investigação, fundamentando-se em autores como Dominicé (2006), Ferrarotti (1991), Bueno (2002), Delory-Momberger (2012, 2014), Moita (2007), Batista Neto (2007b). Utilizou-se, como procedimento de coleta, a entrevista biográfica a qual foi realizada com 06 professores de Educação Física, com atuação na Educação Básica, em escolas públicas do município de Ouricuri, Pernambuco. As entrevistas foram realizadas entre os meses de setembro e dezembro de 2014. A análise dos dados pautou-se na análise de conteúdo proposta por Bardin (2011). No que concerne às técnicas de análise de conteúdo, escolhemos a análise categorial temática. Com base nas análises, construídas à luz dos referenciais teóricos adotados, foi possível perceber o quanto foi fundante, para constituição da identidade profissional docente de professores de Educação Física, os seguintes aspectos: a Educação Básica e as suas experiências com a Educação Física, sobretudo as vivências escolares ou como atletas; o processo de formação profissional inicial e continuada; a atuação profissional e as especificidades do contexto de atuação; assim como as socializações estabelecidas com o outro nos diferentes contextos da vida dos professores. Diante do exposto, constatamos que a identidade profissional docente está em constante processo de construção, portanto, não se trata de algo dado, acabado. Foram as relações entre os familiares, os processos formativos, desde a Educação Básica até a Educação Superior, e a atuação profissional docente, permeada pelas constantes trocas e pela dinâmica institucional, em seus elementos biográficos e relacionais, objetivos e subjetivos, que possibilitaram a constituição da identidade profissional docente de professores de Educação Física.

Endereço: http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/15780

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.