Construção de Identidade de Gênero na Educação Física Escolar

Por: Fernanda Caroline Cerqueira Palmeira e .

Motriz - v.15 - n.1 - 2009

Send to Kindle


Resumo

De acordo com a história, a mulher tem desempenhado papel secundário na sociedade, pois o homem, apoiado no poder, principalmente da instituição educacional, vem mantendo status privilegiado. Partindo desta preocupação, o presente estudo objetivou apresentar proposições sobre a prática da Educação Física Escolar, a fim de analisar as contribuições desta, no processo de construção de identidade de gênero dos/as alunos/as. Para efetuar esta investigação foram utilizados como instrumentos: análise documental – plano de curso da disciplina, aplicação de questionários mistos a docentes e discentes, e observações das aulas. Os resultados desse estudo realizado numa instituição educacional de ensino fundamental no município de Guanambi apontaram para a ausência de preocupações relacionadas aos conflitos na relação menina-menino, geralmente provenientes da intolerância às diferenças existentes entre os gêneros. Portanto, concluiu-se que apesar dos/as professores/as considerarem a co-educação de fundamental importância, estes ainda empregam metodologias sexistas, fundamentados nos moldes tradicionais de ensino dos esportes.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/1470

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.