Construção de Imaginários de Educação Inclusiva da Classe de Educação Física

Por: Ana Milena Arroyo, Joan Felipe Borray Cubillos e Michael Steveen Giraldo Heredia.

Impetus - v.11 - n.1 - 2017

Send to Kindle


Resumo

Este artigo presenta a compreensão dos imaginários sociais, construídos sobre a educação inclusiva, através da aula de educação física, em alunos ouvintes e não ouvintes da Escola José Celestino Mutis, em Fusagasugá - Cundinamarca. A pesquisa é desenvolvida sob um paradigma hermenêutico histórico, com abordagem qualitativo e com um método fenomenológico, pode contribuir para a exploração de realidades em diferentes contextos, como primário, secundário ou universitário. A partir de duas categorias de análise de inclusão educacional, Educação Física e Imaginário Social, seis subcategorias emergem, e é interpretado que abordar o tema da disciplina, contribui para aspectos como novas formas de geração de conhecimento, vínculos educacionais, reconhecimento da diversidade, conformação de novos grupos de amizade, estratégias interativas e trabalho em equipe, onde os alunos aprendem indiretamente novas formas de comunicação, apoiam e explicam entre si, além de contribuir para a socialização, participação e cooperação não apenas com seus pares, mas também com os professores. Dessa forma, a escola é o cenário propício em diferentes níveis para aprender, reaprender e modificar os imaginários sociais para uma convivência melhor e oportuna convivencia. 

Endereço: http://revistaimpetus.unillanos.edu.co/impetus/index.php/Imp1/article/view/183

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.