Construções e Transições de Carreira no Esporte Adaptado Um Estudo de Caso com Uma Atleta Paralímpica da Seleção Brasileira do Voleibol Sentado

Por: Gabriely Souza Viccari e Veronica Volski Mattes.

Revista da Associação Brasileira de Atividade Motora Adaptada - v.19 - n.2 - 2018

Send to Kindle


Resumo

Este estudo objetiva analisar o desenvolvimento da carreira de uma atleta com deficiência física praticante de voleibol convencional e o voleibol sentado. Vale a pena levar em consideração que a atividade física para os deficientes físicos possibilita ganhos físicos, motores, psicológicos e sociais, como aperfeiçoamento das capacidades motoras, diminuição de riscos para doenças cardiovasculares, melhora na autoestima e autoimagem, estímulo à socialização, trabalho em equipe e cooperação. Com isso, este estudo visa analisar o desenvolvimento da carreira até chegar ao nível de elite, mostrando quais as influências das atividades físicas na vida da atleta.

Endereço: http://www2.marilia.unesp.br/revistas/index.php/sobama/article/view/8392

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.