Construindo Culturas de Inclusão nas Aulas de Educação Física Numa Perspectiva Humanista

Por: Kátia Regina Xavier da Silva e Simone da Silva Salgado.

Arquivos em Movimento - v.1 - n.1 - 2005

Send to Kindle


Resumo

O presente ensaio tem como objetivo discutir e defender a necessidade de se construir culturas de inclusão nas aulas de Educação Física que se baseiem numa perspectiva humanista de Educação. Partimos de três idéias centrais: a cultura traduz um sistema de códigos e valores construídos pelos sujeitos que compartilham dos mesmos espaços de convivência. A inclusão em educação envolve princípios democráticos de participação social plena de todas as pessoas em todas as áreas da vida humana e vai além da simples aceitação e inserção de deficientes no sistema educacional regular. Os princípios que embasam a perspectiva humanista de educação podem apoiar e orientar uma práxis voltada para a construção de valores inclusivos, tendo em vista que se apóiam na valorização da pessoa em sua individualidade e exclusividade. Sendo assim, é preciso criar culturas de inclusão que favoreçam o acolhimento do outro não pelo que ele produz ou
pelas formas que ele exibe, mas pelo que ele é, independentemente de suas diferenças. É papel da Educação Física Escolar contribuir para a construção destas culturas de inclusão numa práxis voltada e orientada para a ressignificação do olhar sobre a diversidade.

Endereço: https://revista.eefd.ufrj.br/EEFD/article/view/222

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.