Consumo de Suplementos Por Praticantes de Musculação: em Busca da Saúde ou do Corpo Perfeito?

Por: João Paulo Lima de Oliveira (Organizador), Deniscleiton Marlon Antônio Ferreira, Edilson Tadeu Ferreira Furtado, João Paulo Lima de Oliveira e Wilson César de Abreu.

Lecturas: Educación Física y Deportes - v.25 - n.266 - 2020

Send to Kindle


Resumo

A prática da musculação em um programa sistematizado pode proporcionar inúmeros benefícios à saúde e qualidade de vida. Muitos estudos mostram que o exercício físico associado a uma boa alimentação melhora o rendimento físico e a estética corporal. O presente estudo investigou o consumo de suplementos esportivos por praticantes de musculação. Participaram desse estudo 300 sujeitos (179 homens e 121 mulheres) com idade entre 18 e 49 anos. O consumo de suplementos esportivos foi avaliado por meio de questionário auto administrado constituído por 13 questões objetivas. A melhora da estética corporal foi o principal objetivo de 69% dos sujeitos. O uso de suplementos esportivos foi relatado por 78% dos sujeitos com maior frequência no gênero masculino (p<0,01). Os suplementos proteicos (p<0,01) e a creatina (p<0,001) foram os produtos mais utilizados pelos sujeitos, também com maior frequência no gênero masculino. Essa utilização é realizada principalmente de maneira autônoma, ou através de indicação de amigos e instrutores. Embora houvesse elevado consumo de suplementos esportivos, encontrou-se baixa satisfação aos resultados atingidos, sendo necessário maior intervenção de profissionais qualificados para maior efetividade dos resultados almejados. Os resultados mostram que o culto ao corpo é a motivação principal para pratica de musculação e que o consumo de suplementos esportivos na população investigada é muito elevado com predominância no gênero masculino

Endereço: https://www.efdeportes.com/efdeportes/index.php/EFDeportes/article/view/2168/1255

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.