Consumo de Drogas e Nível de Atividade Física Entre Estudantes de Ensino Fundamental e Médio de Cidade do Interior Paulista

Por: Luiz Rogério Romero.

2006 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Estimar a prevalência de uso de substâncias psicoativas, inclusive álcool e tabaco entre estudantes do ensino fundamental e médio de escolas públicas e privadas de uma cidade do interior paulista, assim como, identificar e analisar fatores preditores e protetores do uso de drogas. Metodologia: Foi realizado estudo transversal, com a aplicação de questionário estruturado, previamente testado, individual, anônimo, de auto-preenchimento e participação facultativa para alunos de escolas públicas e privadas, do ensino fundamental e médio do município. Resultados: Participaram do estudo 1933 indivíduos, sendo 50,2% do sexo masculino. A idade média foi de 15,1 l 1,5 anos. O álcool foi a droga mais consumida na vida e nos últimos trinta dias (respectivamente, 69,9% e 41,1%), seguido do tabaco (23,5% e 10,2%), maconha (7,3% e 3,8%) e solventes (7,2% e 2,9%). São apresentados valores de odds ratio para os principais fatores de risco e proteção ao uso de drogas identificados no trabalho, assim como os já ressaltados pela literatura (sexo, idade, classe econômica, religião, escolaridade - fundamental e médio, mesada, trabalho remunerado e tempo livre). Discussão: Discute-se a adequação de programas de prevenção desenvolvidos na escola, no período em que os escolares se encontram ainda em momento de experimentação e fases iniciais do uso de drogas, abordando aspectos relacionados à promoção da saúde, melhoria das condições de vida, atitudes pessoais e organização social, assim como, características e necessidades regionais

Endereço: http://www.acervodigital.unesp.br/handle/123456789/52757

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.