Consumo de Suplementos Dietéticos Por Atletas Juniores de Futebol

Por: Adriana Salum.

2007

Send to Kindle


Resumo

Introdução:O melhor desempenho esportivo está sendo exigido cada vez mais cedo, fazendo com que jovens atletas sejam submetidos a manipulações dietéticas, acompanhadas do consumo de suplementos dietéticos. Freqüentemente este consumo se faz de forma empírica, sem prescrição especializada. Objetivo geral: descrever o consumo de suplementos dietéticos utilizados por atletas juniores de futebol do sexo masculino, em Florianópolis, SC. Objetivos específicos: detectar se os atletas consomem suplementos dietéticos ; identificar as fontes de prescrição e orientação para o consumo de suplementos dietéticos; verificar quais os suplementos dietéticos consumidos; identificar os motivos e os objetivos para o consumo de suplementos dietéticos; identificar, segundo a percepção do usuário, os resultados do consumo de suplementos dietéticos. Método: pesquisa descritiva e exploratória, com amostra de 40 atletas que responderam a um questionário. Realizou-se uma análise descritiva e os dados apresentados na forma de freqüência simples e percentual. Resultados: a idade dos atletas era de 17 a 20 anos, sendo que 33% tinham 18 e 19 anos. Dos atletas que consomem suplementos dietéticos 66,6% acredita estar atingindo seus objetivos. Dos 62,5% que não utilizam suplementos 17,5% associam ao custo elevado e outros 17,5% relatam que o clube não estava fornecendo naquele período. Os suplementos mais consumidos são os protéicos com 24 citações, seguido das bebidas isotônicas com 9 e da creatina com 6 citações. Quanto ao motivo para o consumo, o que mais se destacou foi o ganho de massa muscular com 15 (37,5%) citações, sendo que 11 (27,5%) citações relacionavam com os suplementos protéicos. A prescrição adequada (médico e/ou nutricionista) aparece com 12 citações. Conclusão: confirmando a hipótese pré-estabelecida o consumo de suplementos dietéticos é uma prática comum entre atletas juniores de futebol. Observou-se que a fonte de indicação é diversificada e muitos atletas não sabem quais as funções dos diversos suplementos. Como não há controle na comercialização dos suplementos, os profissionais que trabalham com atletas e praticantes de atividade física deveriam ser mais bem informados sobre tudo o que envolve uma manipulação e suplementação dietética.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.