Conteúdos de Biodinâmica do Movimento do Corpo Humano em Aulas de Educação Física

Por: .

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Dados coletados desde 2002 até 2005 em aulas de educação física indicaram a
possibilidade de conteúdos de biodinâmica do movimento do corpo humano serem
ensinados no ensino fundamental. Essa associação entre a área biodinâmica e
pedagógica culminou em uma proposta que sistematizou conhecimentos em
diferentes níveis de analise. O problema no planejamento desses conteúdos foi a
integração, pois aspectos microscópicos e macroscópicos possibilitam visões parciais
do mesmo fenômeno, devido aos métodos de investigação serem distintos. O objetivo
deste trabalho foi relacionar em um programa de educação física, noções de anatomia,
biomecânica, bioquímica, nutrição, embriologia, fisiologia, comportamento motor,
saúde e patologia. Todos conteúdos foram agrupados no mesmo bloco, abrangendo
aspectos pessoais e interpessoais no movimento do corpo humano. Outros 3 blocos
de conteúdos foram elaborados, 1 direcionado à compreensão de capacidades e
habilidades motoras, e 2 a demandas ambientais e elementos culturais.
Metodologicamente, a proposta se fundamentou na epistemologia para aproximar
conhecimentos em níveis de análise variados. O bloco de biodinâmica foi integrado
aos demais e avaliado de forma conceitual.As estratégias consistiram em apresentar
os conteúdos de forma complexa desde as séries iniciais do ensino fundamental. Os
resultados dos 37 meses de intervenção indicaram consistência na compreensão de
conceitos específicos pelos alunos nas séries iniciais e finais. As noções de anatomia,
nutrição, biomecânica e comportamento motor obtiveram maior índice de
compreensão, calculado pela média ponderada entre relatórios de pesquisas, provas
orais e escritas. Abaixo da média, em ordem decrescente, ficaram noções de saúde,
fisiologia, patologia, embriologia e bioquímica, sendo esta última a de compreensão
mais precária. Os resultados permitiram considerar que é viável o ensino de conceitos
e que conteúdos de biodinâmica são relevantes. Contudo, o aprofundamento dos
conteúdos que ficaram abaixo da media pode ter sofrido interferência da formação
inicial do professor. Nesse sentido, há uma indicação significativa da importância de
disciplinas na área biodinâmica na formação de licenciados em educação física,
aproximando as pesquisas no campo acadêmico do profissional.A principal conclusão
é que devem ser incluídos esses conhecimentos nas aulas de educação física. Caso
contrário, a lacuna entre a produção científica e sua aplicabilidade pode ser
intensificada.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/72_Anais_p377.pdf

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.