Conteúdos da Educação Física e a Pedagogia de Freinet : Pintando Uma Possibilidade Para o Aluno com Síndrome de Down

Por: Camila Lopes Carvalho.

2014 28/10/2014

Send to Kindle


Resumo

A inclusão educacional está determinada legalmente no Brasil ¿ tanto a Constituição, de 1988, quanto a Lei de Diretrizes e Bases da Educação, de 1996, garantem o direito a uma educação de qualidade para as pessoas com deficiência na rede regular de ensino. Contudo, publicações relatam dificuldades de efetivação destas legislações no âmbito do cotidiano das escolas, principalmente referentes às pessoas com Síndrome de Down, uma vez que o aspecto intelectual ainda é privilegiado em detrimento dos demais. Neste contexto, a educação física busca sua consolidação enquanto disciplina escolar em consonância com a nova realidade inclusiva. Por conseguinte, esse estudo tem por objetivo analisar o processo de inclusão de alunos com Síndrome de Down nos diferentes conteúdos da educação física escolar ¿ jogo, esporte, ginástica, luta e dança ¿ e, com fundamentação desses dados, elaborar uma proposta de trabalho escolar inclusivo por meio da Pedagogia de Freinet. Para isso, foi desenvolvida revisão bibliográfica exploratória com posterior pesquisa de campo qualitativa onde, num estudo de caso, foram observadas aulas de educação física durante 1 ano letivo em uma turma de 21 alunos, dos quais dois possuem Síndrome de Down, em uma escola regular do município de Americana, São Paulo. A coleta de dados foi feita por observação direta com análise da inclusão em cada aula por meio do "Instrumento de avaliação da interação entre alunos com e sem deficiência na educação física escolar", de Salerno, Araújo e Silva (2009). A análise dos dados foi desenvolvida por categorização, com representação por tabulação em gráficos e tabelas. Posteriormente, a elaboração de uma proposta de trabalho inclusiva baseado na Pedagogia de Freinet foi desenvolvida fundamentada na revisão literária sobre o pedagogo e nos dados observados na realidade escolar. Como principais resultados observou-se o predomínio dos conteúdos de jogo e esporte sobre os demais, a ocorrência de algumas interações negativas entre os alunos e barreiras atitudinais e de conhecimento por parte do professor. Com as técnicas de Freinet, possibilidades de alteração dessa realidade foram encontradas, como criação de aulas em cantos com diversos conteúdos trabalhados concomitantemente e com diferentes níveis de dificuldade, além dos ideais de respeito, cooperação e afetividade que vão ao encontro da proposta inclusiva. Foi possível concluir que os ideais e técnicas elaborados por Freinet podem contribuir na superação dos entraves da inclusão, facilitando a construção de uma educação física escolar inclusiva. Espera-se que novas pesquisas sejam desenvolvidas acompanhando o caminhar da implantação da inclusão educacional e propondo mais possibilidades que facilitem esse processo de acordo com as diferentes necessidades.

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=000946112&opt=1

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.