Continuidade e Profundidade no Ensino do Esporte: Desejos e Superação em Projeto Socioeducativo

Por: José Arlen Beltrão de Matos, e Paulo César Montagner.

Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte - v.14 - n.1 - 2015

Send to Kindle


Resumo

O esporte tem sido tratado como proposta educacional por projetos socioeducativos que comumente lhe atribuem poderes como “o esporte tira das ruas!” e “ensina a viver em grupo!”. Neste estudo discute-se o tratamento pedagógico do esporte por meio de pesquisa etnográfica realizada em projeto socioeducativo na “favela” de Heliópolis, abordando mais especificadamente o desejo dos jovens pelo aprofundamento no aprendizado da modalidade e as consequências da continuidade oferecida durante três anos de atividades. Como resultado destaca-se a oposição à ideia de que “para crianças pobres qualquer coisa basta”, demonstrando que, independentemente dos objetivos gerais de um projeto socioeducacional, ensinar esporte de forma a buscar aperfeiçoamento constante na modalidade escolhida pode desencadear aprendizados importantes para a formação do jovem.

Endereço: http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/remef/article/view/6300

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.