Continuidades e Descontinuidades das Práticas Corporais na em Uma Comunidade Tradicional

Por: José Anjos, Milainy Santos e .

Journal Of Physical Education - v.27 - n.1 - 2016

Send to Kindle


Resumo

O papel das práticas corporais para a constituição e identidade de comunidades tradicionais ainda é pouco conhecido. O objetivo deste trabalho é investigar como as práticas corporais da comunidade pomerana de Alto Santa Maria (Santa Maria de Jetibá, ES) ajudam a materializar as tradições daquela comunidade, ao mesmo tempo em que se reconfiguram em seus movimentos de continuidade e mudança.  Neste contexto, dialogamos com a categoria tradição (BALANDIER, 1997) e imitação pretigiosa (MAUSS, 2003) em pesquisa de tipo etnográfica. Danças e brincadeiras estão relacionadas com tempos e espaços rurais e urbanos nos quais a imitação de rituais é significativa. A pesquisa confirmou que as práticas corporais da comunidade dialogam e permeiam continuidade e ruptura. Neste caminho, a ordem encontra abrigo na desordem, assim, a tradição aceita tanto a ordem quanto a desordem como elementos que a mantém viva.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/27235

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.