Contra o Dissabor de Uma Derrota: Futebol e Identidade Regional no Recife dos Anos 1920.

Por: Eduardo José Silva Lima.

Vozes, Pretérito & Devir - v.5 - n.1 - 2016

Send to Kindle


Resumo

A cidade do Recife na década de 1920 é o cenário que reside esta pesquisa. Numa perspectiva nacional há um debate em torno de, ao menos dois, projetos político-econômicos são eles: Centralismo e Federalismo. É possível realizar uma discussão análoga entre o Nacionalismo e Regionalismo no campo cultural. Pois, é nesse momento que percebemos a construção de uma identidade nacional e, como contraponto, a consolidação de uma identidade regional na capital pernambucana. Este trabalho tem como objetivo utilizar o futebol como um meio analítico para o estudo do sentimento regionalista presente no Recife. Este encontrou no futebol uma maneira de alcançar um grande número de pessoas, já que, o esporte estava dentro do que podemos chamar de “cultura de massas”. A construção de uma identidade regional através do futebol é um ponto relevante do trabalho, pois demonstra como a cultura é um campo de disputas e conflitos com base teórica no historiador Edward P. Thompson. Discutiremos a difusão das ideias regionalistas expressas periódicos da década de 1920, a participação do sociólogo Gilberto Freyre nesse processo e como o futebol se tornou um campo de disputas culturais.

Endereço: http://revistavozes.uespi.br/ojs/index.php/revistavozes/article/view/98

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.