Contribuição ao Estudo de Atividade Motórica do Experimento de Treino à Competição Desportiva

Por: Sérgio Guida.

74 páginas. 1988 03/06/1988

Send to Kindle


Resumo

Para equacionar e discutir cientificamente a problemática da atividade motorica é conveniente começar pela pesquisa da evolução histórica de seu estudo a fim de evidenciar o equivocodaqueles que confundiam atividade motora com atividade motórica, do que resultou um reducionismo ilusório e , via de consequência, um conceito especioso de aprendizagemde movimentos didaticamente orientados - objeto específico dos experimentos de treino e, até mesmo, da própria competição desportiva. A revisão deste enfoque aátomo-fisiológico norteou naturalmente o estudo para aprofundamento nos fundamentos científicos da aprendizagem desportiva - fenômeno psicossomático - cuja compreensão está baseada na teoria da coalescência neuro-psicológica, na teoria engramática da aprendizagem e na teoria molecular da informação. Durante a dissertação deu-se ênfase ao fenômeno de dis-adaptação agonística e suas consequências. Estes enfoques serviram para mostrar que o conhecimento empírico funcionou durante séculos como fonte de uma tecnologia rotineira a qual não exigia senão uma aprendizagem imitativa e repetitiva. O progresso de que se têm beneficiado os estabelecimentos de ensino dedicados à formação de professores de educação física, só prosperou com a cooperação vinda de outras áreas, principalmente da neurologia e da psicologia.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=1985&listaDetalhes%5B%5D=1985&processar=Processar

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.