Contribuições da Aula de Ginástica Artística Para o Desenvolvimento das Habilidades Fundamentais

Por: Aline Dessupoio Chaves, , , Suziane Peixoto Santos e .

Conexões - v.13 - n.3 - 2015

Send to Kindle


Resumo


Este estudo investigou possíveis diferenças nos movimentos fundamentais entre pré-escolares que participam regularmente da prática de esportes e pré-escolares que participam apenas de Educação Física escolar, incluindo comparação entre as idades. Doze crianças que tiveram semanalmente duas aulas de EF formaram o grupo Educação Física (GEF) e outras doze que tiveram semanalmente duas aulas de EF e duas aulas de GA formaram o grupo GA. Para a avaliação dos padrões fundamentais de movimento, foi utilizado o Modelo de Avaliação Instrumental dos Movimentos Fundamentais. Os dados foram avaliados por componente conforme a lista de checagem, no qual cada padrão de movimento pode ser classificado em padrão inicial, elementar ou maduro. Os dados foram analisados em relação à distribuição (porcentagem) em cada nível de desenvolvimento. Os resultados indicaram que as crianças do GA apresentaram melhores resultados em relação ao GEF, exceto nos movimentos manipulativos. Desta forma, concluímos que as aulas de GA aliadas as de EF escolar contribuíram para um melhor desenvolvimento motor em relação às crianças que faziam apenas Educação Física escolar. Palavras chave: Habilidades Fundamentais; Ginástica Artística; Educação Física escolar. ABSTRACT This study investigated possible differences in the level of development of fundamental motor skills among preschool aged 4 and 7 years who regularly participate in sports (Artistic Gymnastics and Physical Education) and preschool children of the same age who participate only of Physical Education (PE) school, including comparison between ages. Twelve children who had two weekly PE classes formed the Physics Education Group (GEF) and twelve other children who had two weekly PE classes and two classes GA formed the group GA. For the evaluation of fundamental movement patterns, we used the model Instrumental Assessment of Fundamental Movements. Data were evaluated by component as a checklist in which each movement pattern can be classified into initial, elementary or mature pattern. The data were analyzed for distribution (percentage) at each level of development. The results showed that children of GA showed better results compared to the GEF, except the fundamental skills of manipulation. Thus, we conclude that the lessons GA contributed to a better motor skills development locomotion and stabilization. Key words: Fundamental skills; Artistic Gymnastics; Physical Education. RESUMEN Este estúdio investigo las posibles diferencias en los movimientos fundamentales entre los niños en edad preescolar que participan regularmente en la práctica de los deportes y en edad preescolar que participan sólo de laEducación Física, incluyendo La comparación de las edades. Doce niños que tenían dos clases de educación física semanales formaron el grupo de Educación Física (EF) y otros doce que tenían dos clases de educación física semanales y dos clases de gimnasia artística, el grupo (GA). Para la evaluación de los padrones fundamentales de movimiento, se utilizo el modelo de Evaluación Instrumental de Movimientos Fundamentales. Los datos fueron evaluados por componente como una lista en la que cada padrón de movimiento se puede clasificar en padrón inicial, primaria o madura. Se analizaron los datos para La distribución (porcentaje) en cada nivel de desarrollo. Los resultados indicaron que los niños de GA mostraron mejores resultados em relación AL grupo EF, excepto em los movimientos de manipulación. Por lo tanto, se concluye que las clases GA aliados de las clases de EF contribuyeron a um mejor desarrollo motor en relación con los niños que eran simplemente Del grupo de Educación Física. Palabra Clave: Habilidades fundamentales; Gimnasia artística; Educación Física.

Referências

GALLAHUE, D. L.; DONNELLY, F. C. Educação Física desenvolvimentista para todas as crianças. 4. ed. São Paulo, Phorte, 2008.

TANI, G.; BASSO, L.; CORRÊA, U. C. O ensino do esporte para crianças e jovens: considerações sobre uma fase do processo de desenvolvimento motor esquecida. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 26, n. 2, p. 339-50, abr. 2012.

STODDEN, D. F. et al. A developmental perspective on the role of motor skill competence in physical activity: an emergent relationship. Quest, Chicago, v. 60, n.1, p. 290–306, jan. 2008.

CLARK, J. E. On the problem of motor skill development. Journal of Physical Education, Recreation and Dance, Reston, v. 78, n. 2, p. 39-45, jun. 2007.

HARDY, L. et al. Fundamental movement skills among Australian preschool children. Journal of Science and Medicine in Sport/Sports Medicine, Austrália, v. 13, n. 3, p. 503-508, nov. 2010.

NEWELL, K. M. Constraints on the development of coordination. In: WADE, M. G.; WHITING, H. T. A. (Org). Motor development in children: aspects of coordination and control. Boston: Martin Nijhoff, 1986.

KREBS, R. J. A teoria dos sistemas ecológicos: um paradigma para a educação infantil. Santa Maria: Ed. da UFSM, 1997.

BASSO, L.; MARQUES, I.; MANOEL, E. J. Colletive behavior of componentes in overarm throwing patern. Journal of Movement Studies, Edinburgh, v. 48, n. 2, p. 1-14, jan. 2005.

COTRIM, J. R et al. Desenvolvimento de habilidades motoras fundamentais em crianças com diferentes contextos escolares. Revista de Educação Física/UEM, Maringá, v. 22, n. 2, p. 523-533, ago. 2011.

LEMOS, A. G.; AVIGO, E. L.; BARELA, J. A. Physical Education in kindergarten promotes fundamental motor skill development. Advances in Physical Education, Boston, v. 2, n.1, p. 17-21, sept. 2012.

SCHIAVON, L. M. et al. Panorama da ginástica artística brasileira de alto rendimento esportivo: progressão, realidade e necessidades. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 27, n.1, p. 423-436, jan. 2013.

TSUKAMOTO, M. H. C.; KNIJNIK, J. D. Ginástica artística e representações de masculinidades no Brasil. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 7, n. 2, p. 111-118, abr. 2008.

LEGUET, J. As ações motoras em ginástica esportiva. São Paulo: Manole, 1987.

WERNER, P. H. From teaching children gymnastic: becoming a master teacher. Champaing: Human Kinetics, 1994.

CARBINATTO, M. V. et al. Motivação e ginástica artística no contexto extracurricular. Conexões, Campinas, v. 8, n.1, p. 124-145, abr. 2010.

MCCLENAGHAN, B. A.; GALLAHUE, D. L. Movimientos fundamentales: sudesarrollo y rehabilitación. Buenos Aires: Editorial Medica Panamericana, 1985.

KUMAKURA, RS. Influência da prática de ginástica artística no desenvolvimento motor de escolares. 2012. 96f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Sergipe, Sergipe, 2012.

PUBLIO, N. S.; TANI, G. Aprendizagem de habilidades motoras seriadas da ginástica olímpica. Revista Paulista de Educação Física, São Paulo, v. 7, n. 1, p. 58-68, nov. 1993.

FERRAZ, O. L. Desenvolvimento do padrão fundamental de movimento correr em crianças: um estudo semi-longitudinal. Revista Paulista de Educação Física, São Paulo, v. 6, n. 2, p. 26-34, jul. 1992.

SURDI, A. C.; KREBS, R. J. Estudo dos padrões fundamentais de movimento de pré-escolares que participam de um programa de desenvolvimento infantil do SESI da cidade de Videira/SC. Kinesis, Santa Maria, v. 6, n. 21, p. 57-69, nov. 1999.

CARNIEL, M. Z.; TOIGO, A. M. O tempo de aprendizagem ativo nas aulas de Educação Física em cinco escolas particulares de Porto Alegre, RS. Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências. 2006. Disponível em: http://www.fc.unesp.br/abrapec/revistas/v3n3a2.pdf. Acesso em: 4 dez. 2010.

MAFORTE, J. P. G.; BENDA, R. N. Iniciação esportiva ao futsal: uma oportunidade para o desenvolvimento motor da criança. In: CONGRESSO CIENTÍFICO LATINO-AMERICANO FIEP-UNIMEP, 2000, Piracicaba. Anais... Piracicaba: FIEP: UNIMEP, 2000. v 1. p. 553.

SIQUEIRA, M. Efeitos de um programa de iniciação esportiva ao futsal sobre os padrões fundamentais de movimento em crianças de 7 e 8 anos. 2006. 120f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Educação Física) - Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2006.

ROCHA, P. G. M.; ROCHA, D. J. O.; BERTOLASCE, A. L. A influência da iniciação ao treinamento esportivo sobre o desenvolvimento motor na infância: um estudo de caso. Revista da Educação Física/UEM, Maringá, v. 21, n. 4, p. 469-477, abr. 2010.

AZEVEDO, K. A. A Influência de um programa de ginástica rítmica sobre o desenvolvimento motor e a percepção de competência de crianças. 2012. 50f. Monografia (Especialização em Educação Física) - Escola de Educação Física, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.

VALENTINI, N. C. Percepções de competência e desenvolvimento motor de meninos e meninas: um estudo transversal. Movimento, Porto Alegre, v. 8, n. 2, p. 51-62, ago. 2002.

WROTNIAK, B. H. The relationship between motor proficiency and physical activity in children. Pediatrics, Elk Grove, v. 118, n.17, p. 1758-1765, jan. 2006.

FISHER, A. et al. Fundamental movement skills and habitual physical activity in young children. Medicine and Science in Sports and Exercise. Hagerstown, v. 37, n. 5, p. 684-688, sept. 2005.

ARAUJO, M. P. et al. Contribuição de diferentes conteúdos das aulas de Educação Física no ensino fundamental I para o desenvolvimento de habilidades motoras fundamentais. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, São Paulo, v.18, n.1, p. 153-157, fev. 2012.

PEROTTI, A.; PELLEGRINI A. M. Organização espaço temporal do rolamento para frente. Movimento, Porto Alegre, v. 2, n. 4, p. 9-20, out. 2001.

NELSON, T. F. et al. Do youth sports prevent pediatric obesity? a systematic review and commentary. Current Sports Medicine Reports, Philadelphia, v. 10, n. 8, p. 360–370, apr. 2011.

PEARCE, M. S. et al. Early predictors of objectively measured physical activity and sedentary behaviour in 8-10 year old children: the gateshead millennium study. Plos One, Cambridge, v. 7, n.14, p. 379-375, jan. 2012.

Endereço: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8640871

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.