Coordenação Motora em Crianças com Síndrome de Down Praticantes de Futebol

Por: Antonio Victor do Carmo Ferreira.

11° Congresso Brasileiro de Atividade Motora Adaptada - CBAMA

Send to Kindle


Resumo

Introdução: a Coordenação motora caracteriza-se por uma interação harmoniosa e econômica entre os sistemas nervoso e musculoesquelético e pode ser afetada por doenças como a síndrome de Down (SD). Objetivo: verificar o nível de coordenação motora em crianças com Síndrome de Down praticantes de futebol. Metodologia: estudo descritivo de natureza quantitativa. A amostra foi de 20 crianças portadoras de Síndrome de Down (SD) entre 13 e 14 anos, de um projeto social no município de Maceió/AL. O nível de coordenação motora foi verificado através da bateria de testes Körperkoordinationstest Für Kinder (KTK) composto por 04 testes. Resultados: Das crianças com SD avaliadas, 80% apresentaram um bom nível de coordenação e 20% apresentaram coordenação considerada normal. Estes resultados diferem dos verificados por outros estudos com crianças com SD, entretanto o fato da atividade praticada ser o futebol, um esporte que utiliza grande quantidade de habilidades motoras de membros inferiores, e devido às crianças praticarem esta atividade há mais de 01 ano, podem ter contribuído. Conclusão: O nível de coordenação motora foi considerado bom, entretanto o tamanho da amostra, o tipo de atividade praticada, e o tempo de prática contínua nesta atividade, podem ter contribuído para estes resultados

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.