Copa de 70: Craques em Campo e na Transmissão Radiofônica: Inovações nas Regras da Competição, Novidades na Cobertura Esportiva

Por: Márcio de Oliveira Guerra.

XXXV Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação - Intercom

Send to Kindle


Resumo

A Copa de 70 costuma ser referência para os torcedores como aquela que teve em campo a melhor Seleção Brasileira de todos os tempos. A conquista do tricampeonato mundial no México, no entanto, é rica de curiosidades que, por si só, já renderiam muitas histórias. Mas ela se destaca também pela seleção de “craques” que cobriram a competição, pela formação de pool de emissoras, que acabou inaugurando uma forma diferenciada de narrativa no rádio. A televisão era uma presença que já representava concorrência, mas não uma ameaça de perda de audiência. Tempos de uma ditadura militar que queria mandar também na Seleção que foi formada por João Saldanha – crítico, treinador e, novamente, comentarista. Uma “fera” que se torna a personagem principal desta história e que mistura a Copa e a cobertura pelo rádio de forma inesquecível. 

Endereço: http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2012/index.htm

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.