Corpo, Disciplina e Educação Física: o Conceito de Disciplina em Kant e Seus Aportes Para o Cuidado com o Corpo na Contemporaneidade

Por: Leonardo de Ross Rosa.

97 páginas. 2011 12/04/2011

Send to Kindle


Resumo

O corpo, no decorrer da História, principalmente da Filosofia ocidental, passou por gradativo ganho de importância, até chegar ao entendimento do mesmo como corpo próprio ou o corpo que se é. Na Educação Física, da mesma forma, o passar dos tempos lhe trouxe também relevância. Nesse viés, o homem, com forte presença dos anseios sociais, age em relação ao (seu) corpo de maneira que se mostra evidente uma significativa influência do contexto social no processo de sua estruturação. Kant, em sua doutrina da educação, traz a disciplina como característica importante para a constituição do mesmo homem e, mais, descreve a importância da sociedade e do próprio homem para a estruturação de um e outro, ou seja, do homem e da sociedade, numa relação necessária para tal. Percebe-se que o cuidado, no sentido de atenção que o homem tem com seu corpo, um corpo próprio e que é no mundo, perde espaço mediante o contexto social que envolve o ser humano e refere-se mais a um corpo que está no mundo, semelhante a um objeto. Assim, a presente pesquisa tem o propósito de investigar os aportes da disciplina kantiana para o cuidado com o corpo na contemporaneidade. O estudo está situado na linha de pesquisa da História e Filosofia da Educação do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade de Caxias do Sul. São analisados, mediante pesquisa bibliográfica, o corpo na História ocidental, a partir de quatro pensadores, a saber: Platão, Santo Agostinho, Descartes e Merleau-Ponty e também na história da Educação Física. Posteriormente, é realizada uma incursão na doutrina educacional kantiana, principalmente no que tange à disciplina, com a finalidade de estruturar as suas contribuições à forma de agir do homem com seu corpo. Por fim, observa-se a Educação Física dentro da Educação, a disciplina e o corpo e o corpo na sociedade atual, em sua condição de exposição. É realizado, então, o cruzamento das ideias kantianas com o contexto social atual, com a finalidade de apontar as contribuições do pensamento kantiano. O estudo está dividido em parte introdutória, seguida do capítulo que aborda o corpo na Filosofia ocidental e na Educação Física; o capítulo que enfoca a doutrina educacional de Kant e o capítulo que tem como cerne o corpo na sociedade atual, além das considerações finais. Constatou-se que o contexto social influencia significativamente o comportamento do homem e, muitas vezes, de forma pouco saudável. Entra em cena a autonomia objetivada por Kant, motivada pela confusão na determinação dos atos do homem. Seriam as atitudes do homem autônomas, ou impelidas pela sociedade? Nesse viés, a disciplina kantiana surge como possibilidade de reeducação da juventude, com a finalidade de afastar o homem de hábitos ruins, da comodidade e conduzi-lo a um caminho de autodeterminação e mais saudável fisicamente.

Endereço: https://repositorio.ucs.br/xmlui/handle/11338/595

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.