Corpo e Luta: a Primeira Regra é Não Se Fala Sobre o Clube da Luta

Por: Rogério de Almeida.

Cinema e Corpo.

Send to Kindle


Resumo

Baseado no livro homônimo de Chuck Palahniuk, o filme Clube da Luta (Fight Club), do diretor David Fincher, causou polêmica quando foi lançado, em 1999, e mesmo permanecendo pouco tempo em cartaz tornou-se um filme cultivado pela crítica, provavelmente pelo fato de que parece representar uma dada época, com determinados valores, crises e formulações estéticas. Pode-se mesmo ver no filme uma atualização da Laranja Mecânica (1971), de Kubrick, a falência histórica de uma dada ordem social, uma bem acabada fábula da distopia ou contrautopia contemporânea ou mesmo a era da frustração1 . Certamente há algo de desconcertante que vai além da estetização da violência ou do anúncio de que o mal-estar da civilização continua, ainda que por vias pós-modernas.

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2017 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.