Corpo, Saúde e Padrões de Beleza: Reflexões Sobre Uma Intervenção Pedagógica com Escolares Adolescentes.

Por: Elizângela Ricardo de Souza Costa.

2010 13/05/2010

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho teve como objetivo descrever e analisar uma intervenção educacional que visou levar os educandos a refletir criticamente sobre os fatores envolvidos na relação aparência corporal e saúde e ainda, avaliar o impacto e o resultado da intervenção para os discentes. O enfoque metodológico foi de natureza qualitativa. A intervenção, realizada com 23 escolares adolescentes, apoiou-se nos pressupostos teóricos da Educação Dialógica de Paulo Freire para abordar o tema Padrões de Beleza, um dos eixos do conteúdo “Corpo, Saúde e Beleza” presente no Caderno do Professor de EF, emitido pela SEESP. A intervenção ocorreu em oito encontros, baseados em diálogos e reflexões, denominados Círculo de Cultura. Os instrumentos utilizados para coletar as informações foram a Observação Participante, o Caderno de Campo e Gravações em áudio. Os conteúdos gerados nos encontros foram transcritos, analisados e interpretados por meio de Análise de Conteúdo. No 1º encontro procedeu-se à identificação dos temas geradores relacionados à temática corpo: Corpo Máquina, Influência do contexto sobre o significado de corpo, Discurso do corpo pela mídia, As doenças causadas pela busca de estereótipos corporais e O corpo atual...voltando às origens ou construindo novos corpos (tatuagens e piercings). Nos demais encontros, a dinâmica utilizada foi a de iniciar os diálogos e as reflexões a partir de uma questão geradora relacionada ao tema abordado. Posteriormente, foi realizado um encontro para síntese, com os educandos organizados em grupos e para produção de cartazes sobre as repercussões dos diálogos e das reflexões. No último encontro, fez-se a avaliação, com a apresentação e exposição dos cartazes pelos grupos. Constatou-se, por meio da intervenção, que os educandos não apresentaram uma consciência crítica em relação a alguns temas: acepção de corpo, conceito de saúde, confusão entre os modelos de estética e saúde e a influência do contexto. Entretanto, demonstraram consciência e criticidade em relação ao contexto e aos determinantes para a saúde, a influência que as mídias exercem quando divulgam modelos corporais e ditam comportamentos, conhecimentos a respeito das doenças causadas por transtornos alimentares provenientes da busca de modelos corporais e, ainda, a constatação de que não vale a pena colocar a saúde em risco na busca de padrões de beleza. Por fim, com base nos depoimentos, considero que a intervenção foi válida, já que permitiu aos educandos o direito de expressarem suas opiniões e refletir criticamente sobre os fatores envolvidos na relação aparência corporal e saúde. Contudo, acredito que a valorização desta iniciativa fundamenta-se na abertura de espaços para diálogos e reflexões, algo tão prestigiado pelos discentes mas que, infelizmente, é tão raro no ambiente escolar.

Endereço: http://www.usjt.br/biblioteca/mono_disser/mono_diss/2011/129_costa.php

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.