Corpo e Saúde: Reflexões Sobre o Quadro Medida Certa

Por: Hudson Pablo de Oliveira Bezerra.

2012 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

O cenário atual encontra-se permeado por diversas compreensões a respeito do corpo e da saúde. Estas são frutos de um processo histórico vivenciado pelos homens em diferentes épocas e contextos sociais através dos quais foram sendo construídas. Diante deste cenário, destacamos a mídia como um poderoso meio de informação e formação de ideias no que concerne ao corpo e à saúde. A mídia também, enquanto meio de mediação de informações nos apresenta características do cenário social em que está inserida. Em nossa pesquisa trazemos como objetivo refletir sobre as compreensões, saberes e práticas propagadas a propósito do corpo e da saúde no quadro “Medida Certa” do programa Fantástico da emissora Rede Globo de Telecomunicações, no sentido de identificar como a Educação Física, tem contribuído com a construção dos conhecimentos divulgados. Para tanto, direcionamos nossas análises ao quadro “Medida Certa” exibido pelo Fantástico nos meses de abril, maio e junho de 2011. Os dados para análise foram coletados através dos vídeos exibidos ao vivo no Fantástico e das informações disponibilizadas no blog do referido quadro. Assim, tivemos 14 vídeos exibidos ao vivo, 16 vídeos postados no blog e 97 postagens no blog. Como técnica de análise dos dados utilizamos da análise de conteúdo de Bardin (2011). Sobre o corpo obtivemos como categorias de análise: corpo como sistema operacional; corpo biológico; corpo fragmentado e exterior ao sujeito; corpo quantificado e atrelado a padrões; e, corpo sujeito. Quanto à saúde analisamos as categorias de: saúde baseada em índices de normalidade biológica; saúde associada ao emagrecimento e à padrões estéticos; saúde associada à atividade física e ao controle alimentar; e, por fim propomos uma compreensão de saúde existencial. Portanto, a partir das análises dos dados evidenciamos uma predominância de compreensões, saberes e práticas sobre o corpo e a saúde pautadas nos constituintes biológicos do corpo, na quantificação e classificação em médias e padrões de normalidade, na generalização de formas de cuidado, na associação linear entre atividade física e controle alimentar com a saúde, e evidenciamos que a Educação Física tem contribuído com essas construções, por meio de alguns de seus discursos com ênfase nos aspectos biológicos. Dessa forma, defendemos em nosso estudo uma compreensão de corpo não somente objeto, mas também, enquanto sujeito recortado pelos elementos orgânicos, culturais, históricos e sociais, um corpo vivo, que sente, deseja e antes de tudo se expressa, e a saúde perspectivada como algo do corpo, entrelaçada através dos aspectos biológicos, culturais, históricos e emocionais deste corpo que coexiste em sociedade.
 

Ver Arquivo (PDF)

Tags: , ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.