Corpo: Suas Representações na Formação do Professor de Educação Física

Por: érica Milena Hakamada.

124 páginas. 2012 22/08/2012

Send to Kindle


Resumo

 Este trabalho teve como principal questionamento saber se a formação superior em Educação Física tem acompanhado as mudanças de cunho sociocultural pela qual esta área passou e quais representações do corpo têm sido veiculadas no processo de formação. Desde a década de 1980 a Educação Física vem passando por mudanças que se iniciaram com a crítica ao paradigma da aptidão física e do esporte. Essa crítica ocasionou uma mudança na forma de se pensar a área; o predomínio biológico passou a ser questionado, realçando a questão sociocultural da Educação Física. Nesse contexto, a Educação Física foi caracterizada como a área que trata das manifestações culturais do ser humano, expressas pelo corpo e movimento humanos e, que são historicamente definidos como jogo, esporte, dança, luta e ginástica. Diante disso, a necessidade de se estudar as representações do corpo que têm sido veiculas no processo de formação em Educação Física, justifica-se pelo fato de que é a partir das representações sociais que possuem sobre o corpo, que esses profissionais construirão ações pedagógicas em relação ao corpo, a fim de que se considere o contexto cultural específico em que este corpo está inserido. Estabelecemos como objetivos dessa pesquisa verificar quais dimensões do corpo têm sido abordadas no processo de formação de professores em Educação Física. Especificamente buscou-se compreender como o corpo é tratado no projeto político pedagógico do curso; conhecer o perfil do egresso previsto pelo curso; apreender o significado de corpo apresentado pelo professor; e verificar quais dimensões do corpo têm sido trabalhadas pelas disciplinas e como elas contribuem para o perfil do egresso. Esta pesquisa ocorreu no âmbito de um curso de licenciatura em Educação Física de uma instituição privada, localizada no estado de São Paulo. Possui caráter qualitativo do tipo estudo de caso. Os procedimentos de coleta de dados foram análise documental, questionário, depoimento escrito e entrevista. Participaram da pesquisa doze professores do curso, que responderam o questionário, o depoimento escrito e a entrevista. Os resultados a que chegamos revelaram que a dimensão sociocultural do corpo tem sido privilegiada pelo projeto político pedagógico do curso e pelas disciplinas que compõem a matriz curricular. Os docentes estudados possuem representações sobre o corpo que levam em consideração a influência da sociedade e cultura sobre o corpo, trabalhando a partir dessa perspectiva em suas disciplinas. O perfil do egresso previsto pelo curso é o do profissional com formação para atuar na Educação Física escolar e as disciplinas contribuem com a formação desse perfil profissional desenvolvendo nos formandos competências e habilidades específicas.

Endereço: http://tede.unoeste.br/tede/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.