Corporeidade e Motricidade na Pedagogia do Esporte: Conhecimento e Atitude Indispensáveis Para o Ensino Fundamental

Por: , Marcus Vinicius Simões de Campos e .

Motricidades - v.1 - n.1 - 2017

Send to Kindle


Resumo

Corporeidade e motricidade são mais que termos conceituais, pois revelam atitudes necessárias para a incorporação desses conceitos. Visando enfocar a imprescindível presença destas no Ensino Fundamental, o presente artigo se propõe associar corporeidade e motricidade a uma pedagogia do esporte como elementos importantes para o trabalho de professores de Educação Física na escola. Com este foco o texto ficou estruturado da seguinte forma: no primeiro momento adentramos ao entendimento de corporeidade e motricidade para evitar equívocos na interpretação desses conceitos, o que já ocorre no mundo acadêmico brasileiro; no segundo momento afirmamos a importância da pedagogia do esporte para a criança e o adolescente do Ensino Fundamental.

Referências

BAYER, C. O ensino dos desportos coletivos. Lisboa: Dina Livros, 1994.

BENTO, J. O. Esclarecimentos e pressupostos. In: TANI, G; BENTO, J. O.; PETERSEN, R. D. S. (Orgs.). Pedagogia do desporto. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2006. p. 3-11.

BENTO, J. O.; MOREIRA, W. W. (Orgs.). Homo sportivos: o humano no homem. Belo Horizonte: Instituto Casa da Educação Física, 2012. p. 112-180.

FREIRE, J. B. Pedagogia do futebol. Londrina: Autores Associados, 2003.

FREIRE, J. B. Jogo: entre o riso e o choro. Campinas: Autores Associados, 2002.

FREIRE, J. B. Pedagogia do esporte. In: MOREIRA, W. W.; SIMÕES, R. (Orgs.). Fenômeno esportivo no início de um novo milênio, Piracicaba: Editora UNIMEP, 2000, p. 91-96.

FREIRE, J. B.; SCAGLIA, A. J. Educação como prática corporal. São Paulo: Scipione, 2003.

GALATTI, L. R.; REVERDITO, R. S.; SCAGLIA, A. J.; PAES, R. R.; SEONE, A. M. Pedagogia do esporte: tensão na ciência e o ensino dos jogos esportivos coletivos. Revista da Educação Física/UEM, v. 25, n. 1, p. 153-162, 2014.

GALLO, S.; ZEPPINI, P. S. “O que pode um corpo?”: perspectivas filosóficas para a corporeidade. In: MOREIRA, W. W.; NISTA-PICCOLO, V. L. (Orgs.). Educação física e esportes no século XXI. Campinas: Papirus, 2016. p. 107-131.

GARGANTA, J. O ensino dos jogos desportivos colectivos: perspectivas e tendências. Movimento, Porto Alegre, v. 4, n. 8, p. 19-27, 1998.

GARGANTA, J. Para uma teoria dos jogos desportivos colectivos. In: GARÇA, A.; OLIVEIRA, J. (Org.). O ensino dos jogos desportivos. 2. ed. Porto: Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física, 1995. p. 11-25.

GRAÇA, A. Os comos e os quandos no ensino dos jogos. In: GARÇA, A.; OLIVEIRA, J. (Org.). O ensino dos jogos desportivos. 2. ed. Porto: Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física, 1995. p. 27-34.

GRECO, P. J.; BENDA, R. N. Iniciação esportiva universal I: da aprendizagem motora ao treinamento técnico. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 1998.

LE BRETON, D. Adeus ao corpo. In: NOVAES, A. (Org.). O homem-máquina: a ciência manipula o corpo. São Paulo: Companhia das Letras, 2003, p. 123-137.

MERLEAU-PONTY, M. Fenomenologia da percepção. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

MOREIRA, W. W. Corporeidade e formação profissional: a importância da teoria da motricidade humana para a educação física. In: GOLIN, C. H.; PACHECO NETO, M.; MOREIRA, W. W. (Orgs.). Educação Física e motricidade: discutindo saberes e intervenções. Dourados: Seriema Indústria Gráfica e Editora, 2008. p. 79-95.

MOREIRA, W. W.; PORTO, E. R.; MANESCHY, P. P. ; SIMÕES, R. Corporeidade aprendente: a complexidade do aprender viver. In: MOREIRA, W.W. (Org.). Século XXI: a era do corpo ativo. Campinas: Papirus, 2006. p. 137 -150.

MOREIRA, W. W.; SIMÕES, R. Educação física, esportes e corporeidade: associação indispensável. In: MOREIRA, W. W.; NISTA-PICCOLO, V. L. (Orgs.). Educação física e esportes no século XXI. Campinas: Papirus, 2016, p. 133-149.

NÓBREGA, T. P. Uma fenomenologia do corpo. São Paulo: Livraria da Física Editora, 2010.

NÓBREGA, T. P. Corporeidade e educação física: do corpo-objeto ao corpo-sujeito. Natal: Editora UFRN, 2005.

NOVAES, A. A ciência no corpo. In: NOVAES, A. (Org.). O homem-máquina: a ciência manipula o corpo. São Paulo: Companhia das Letras, 2003. p. 7-14.

PAES, R. R. Educação física escolar: o esporte como conteúdo pedagógico do ensino fundamental. Canoas: Editora ULBRA, 2001.

REVERDITO, R. S.; SCAGLIA, A. J. Pedagogia do esporte: jogos coletivos de invasão. São Paulo: Phorte, 2009.

ROUANET, S. P. O homem-máquina hoje. In: NOVAES, A. (Org.). O homem-máquina: a ciência manipula o corpo. São Paulo: Companhia das Letras, 2003. p. 37-64.

SANTIN, S. Perspectivas na visão da corporeidade. In: MOREIRA, W. W. (Org.). Educação física e esportes: perspectivas para o século XXI. Campinas: Papirus, 2013. p. 51-69.

SCAGLIA, A. J. O futebol e as brincadeiras de bola. São Paulo: Phorte, 2011.

SCAGLIA, A. J. Jogo: um sistema complexo. In: VENÂNCIO, S.; FREIRE, J. B. (Org.). O Jogo dentro e fora da escola. Campinas: Autores Associados, 2005. p. 37-70.

SCAGLIA, A. J. O futebol e o jogo/brincadeira de bola com os pés: todos semelhantes, todos diferentes. 2003. 178 f. Tese (Doutorado em Educação Física) – Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, 2003.

SCAGLIA, A. J.; REVERDITO, R. S. Perspectivas pedagógicas do esporte no século XXI. In: MOREIRA, W. W.; NISTA-PICCOLO, V. L. (Orgs.). Educação física e esportes no século XXI. Campinas: Papirus, 2016. p. 43-72.

SÉRGIO, M. Epistemologia da motricidade humana. Lisboa: Faculdade de Motricidade Humana, 1996.

TROVÃO DO ROSÁRIO, A. A motricidade humana e a educação. In: SERGIO, M. (Org.). O sentido e a acção. Lisboa: Instituto Piaget, 1999. p. 31-60.

Endereço: http://www.motricidades.org/journal/index.php/journal/article/view/2594-6463.2017.v1.n1.p42-51

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.