Corporeidade e Resignificação da Comida: o Corpo Inscrito na Cultura do Consumo

Por: Eudaziane Abreu Macedo e Marcos Aurélio Macedo.

XXI Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e VIII CONICE - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

O objetivo desse trabalho é discutir a nutrição como parte de uma rede de representações e significados que implica o corpo na cultura do consumo. Partindo-se de uma abordagem qualitativa ancorada na hermenêutica filosófica, é problematizada a globalização da comida, na perspectiva de gerar múltiplos produtos que se imponham como objetos de desejo. Evidencia-se o quão efêmera é a satisfação com o consumo, conquanto tudo que se deseja, até o corpo, perde atratividade tão logo é consumido. 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.